queijunto e preso

role style, manoooow! [2] maio 31, 2009

Filed under: queijuntando o preso — a.cartolina @ 6:36 pm

eu: é ela ali ó!

tijolo: nossa maior feia!

eu: é, eu falei pra ju que ela é feia pra caramba.

– tijolo é atendida por ela no bar –

tijolo: nossa, é feia e mal educada!

[vingancinha mode ON – parte II]

***

xx: posso te conhecer?

tijolo: hoje não!

[tijolooo mode ON TURBO]

***

yy: ela é linda demais! eu casaria com ela! [se referindo ao tijolo]

eu: aff… que tipo!

ju: eu não consigo imaginar a fe casando!

eu: ahhh… eu consigo! com véu, grinalda e daminhas!

ju: eeee… daminhas!

eu: eu nunca fui daminha, vc foi?

ju: nãao!

eu: fe, vc deixa eu e a ju sermos as suas daminhas?

carol e ju se imaginando como daminhas

[imaginação fértil e beuba mode ON]

***

mano pedrinho: semana passada achei que a gente tinha te largado aqui…

eu: mas é um perdido mesmo!

mano pedrinho: ow, vcs já tomaram maria mole? maria mole é a bebida dos são bernardos… blá blá blá… maria mole blá blá blá… vou buscar maria mole lá no bar, já volto ai… vcs vão ficar aqui, né!

mano pedrinho volta sem a bebida

[sem neurônios mode ON]

***

ju: nossa carol vc é mesmo um ímã de pivete!

eu: só porque eu não curto de jeito nenhum…

[pensando em rever as preferências – desespero mode ON??]

***

eu: faça por merecer viu renatchenhoo!

ju: viu, elas gostam de vc!

eu: é, a gente gosta de vc mas gostamos ainda mais da ju!

[emo beubo mode ON]

Anúncios
 

para um medroso maio 30, 2009

Filed under: desabafo,sente e vive intensamente — a.cartolina @ 3:11 pm

fui porque achei que não conseguiria ficar aqui com você indo.

achei que você merecia depois de tudo que fez por mim na minha partida.

.

fui, mesmo depois de ter chegado a conclusão de que somos melhores separados.

.

fui, porque faço tudo para não me arrepender, e espero sinceramente que você também [tenho quase certeza que a pior dor é a de imaginar como teria sido].

.

aí você me olha e diz: você é doida!

e agora eu digo: você é um medroso.

.

agora vai.

” Se não há coragem, que não se entre. Que se espere o resto da escuridão diante do silêncio, só os pés molhados pela espuma de algo que espraia de dentro de nós “

uma aprendizagem ou o livro dos prazeres – clarice lispector

 

traição maio 27, 2009

Filed under: Uncategorized — julianay @ 3:57 pm

pq vc acha que eu fiz isso com vc?

eu vc me lembro lembra dos motivos a cada post seu.

não sou Deus pra decidir seu destino. sou dona só dos meus sentimentos. fiz o que tinha que fazer. não me culpo por isso.

 

do porquê eu nunca entro no messenger maio 26, 2009

Filed under: queijuntando o preso,sem filtro,Uncategorized — julianay @ 2:28 am

ricardo: nossa! quem apareceu! que sumida!
eu: hum. vc é o ricardo amigo da má ou da fê?
ricardo: não sei…hehehe. vc é da onde?

[penso. o ricardo amigo da fê é alfabetizado]

eu: vc é amigo da ma e do rogério.
ricardo: do rogério. desculpa. ehhehe pensei que fosse outra ju.
eu: sem problemas. eu sou um imã.
ricardo: um imã pra coisas boas ou ruins?
eu: olha, se eu tivesse 16 anos acharia o máximo. agora eu não tenho a menor paciência.
ricardo: ?
eu: faz o seguinte. me exclui daí. aí vc não me confunde com a outra ju. 😉
eu: bjo!

[ricardo goes offline]

 

role style, manoooow!

Filed under: queijuntando o preso — julianay @ 2:26 am

mano pedrinho: aê, mano! não fica bebendo xiboquinha pq daqui a pouco vc tá ali na fila igual carteiro e nem curte o rolê.
[risadas até doer a barriga mode ON]

***

eu: olha lá.
carol: nossa que velha!
eu: não. ela é mais nova que eu.
fly: ela é muito baranga!
carol: baranga!
eu: não é estilosa?
fly: não, ela é baranga! olha isso!
carol: baranga e VELHA!
[vingancinha mode ON]

***

eu: carooooOoOoOolLlLl. euuuu to maaaalzzzzzzzz
carol: perái. fica sentadinha aí.
eu: carooooLLL eu preciso vomitaaaaaaar!
[carol cuida da amiga beuba mode ON]

***

xx: me dá um beijo?
eu: não. eu sou comprometida. e vou mandar mensagem pra ele agora!
[torpedos beubos mode ON]

xx: e aí? respondeu?
eu: me deeeeeeixaaaaa.
fly pra x: sai. sai andando!
fly: sua beuba! que coisa mais feia.
eu: quero ir embooooOOOOoraaa.
fly: vai ter que esperar um pouquinho.
[ligação beuba mode ON]

 

da série historinhas: juventude maio 24, 2009

Filed under: contos de queijunto e preso — tijolooo @ 7:08 pm

[…]

todo mundo quer ter mas muitos não conseguem.

porque juventude não se tem.

alguns apenas não sabem lidar, outros não entendem e ainda há quem nem dê valor.

eu admiro. porque juventude não sou.

e num trecho de clarice, há uns meses atrás, entre frases que muito me fascinavam, achei parte dessa tal juventude que mal conhecia:

“Eu caminho em corda bamba até o limite de meu sonho. As vísceras torturadas pela voluptuosidade me guiam, fúria dos impulsos. Antes de me organizar, tenho que me desorganizar internamente. Para experimentar o primeiro e passageiro estado primério da liberdade. Da liberdade de errar, cair e levantar-me.”

– olha, leia essa tal de clarice… ela parece te conhecer.

juventude não deveria envelhecer nunca.

nunca perder a alegre leveza do sorriso.

mas pode.

pode tornar-se menos romântica, menos entregue e um pouco menos ela mesma.

pode até tornar-se um tijolo velho e ranzinza…

 

da série historinhas: dobradura de cartolina

Filed under: contos de queijunto e preso — tijolooo @ 4:52 pm

[…]

cartolina não se dobra!

porque ela não foi feita pra isso.

experimente fazer um barquinho: se embebida em água, amolece demais.

nem foi feita para ser repartida: quando é rasgada inteira, fica em pedacinhos irregulares muito difíceis de juntar…

daí tem que ter algum espacialista em cartolina com capacidade de entender o lugar de cada parte despedaçada.

que saiba também que às vezes alguns desses pedaços são simplesmente irrecuperáveis.