queijunto e preso

síndrome da mulher independente? outubro 14, 2009

Filed under: desabafo,para pensar no futuro — a.cartolina @ 3:24 am

já faz tempo que eu pre-ci-so de uma estante pros meus livros.

como sou uma mulher ‘antenada’ [hoho…], resolvi que já que não achei nada nas lojas e nas feiras que eu fui, que eu iria fazer a compra pela internet.

iniciei minha saga virtual, fiz uma vasta busca, comparei preços e características, e finalmente achei!

no dia seguinte à efetivação da compra, chegou minha estante! [EeeEeEee…]

liguei pra agendar a montagem do móvel e… quem disse que eles montavam a porcaria da estante?

‘no site onde a senhora efetuou a compra havia a indicação de que nós não nos responsabilizamos pela montagem do produto’

ahhhh… que raiva!

como que eu faço pra montar uma estante sozinha? não foi pra isso que eu comprei a estante, comprei ela para me ajudar a organizar a minha casa, e não pra brincar de montar!

resumo: cancelei a compra [no ápice da raiva!].

mas aí fico me perguntando, não devia ter pedido ajuda?

não, não, sou uma mulher ‘independente’, que não pode ficar esperando pela ajuda e boa vontade dos outros!

quanta idiotice!

Anúncios
 

sobre a dificuldade de arquitetar

Filed under: notas para daqui a pouco — tijolooo @ 12:34 am

.

.

.

eu

com a dureza desses tijolos assentados

do honesto trabalho

de quem tenta moldar

e construir dentro de si

seu próprio lar

 

sobre o inconsciente [2] outubro 12, 2009

Filed under: uma rapidinha — a.cartolina @ 4:25 am

.

.

.

sonhei que queria matar uma pessoa com um pum!

ou quase isso…

sonhei

 

é meu amor outubro 9, 2009

Filed under: Uncategorized — renatcheeenhooo @ 5:13 pm

– quando vi seu rosto todo avermelhado, seus olhos vermelhos, e o nariz branquinho. seu sorriso e sua preocupação (vc veio de táxi? tem dinheiro? já comeu?)

– quando fui sabatinado por seus amigos, quando ouvi as teorias (filosofias de bar) de que vc escolhe a mulher que quer ter, a mulher com quem quer se casar, ter filhos…

– quando me disseram que você não pode trocar de mãe, de pai, de irmãos e nem de filhos, mas de mulher você pode.

– quando ouvi isso eu pensei, olhei pro lado…  e pensei.

não!  muito obrigado, não quero trocar.

 

sobre ter amigas

Filed under: toda a verdade sobre — a.cartolina @ 4:18 am

tenho uma amiga que me entende como ninguém, também, nos conhecemos desde os nossos 5 anos de idade.

tenho uma outra amiga que fizemos tatuagem juntas e já dividimos até apartamento.

tenho mais outra amiga que nos conhecemos quando nós duas caímos de pára-quedas numa escola estranha do guarujento.

e tenho mais aquela amiga que nos recebeu na escola estranha do guarujento.

tenho outra amiga que dá beijinhos de ratinho e não há tempo que apague a nossa cumplicidade.

tenho outra amiga que eu me sinto muito culpada por ainda não conhecer o filho dela, mas ela está sempre nos meus pensamentos.

tenho uma amiga que é amiga mesmo desde o primeiro semestre de faculdade, mudamos muito juntas, apoiando-nos uma na outra.

tenho uma amiga que é uma criança grande com o coração maior do que ela própria.

tenho outra amiga que já me ajudou em muita coisa, e ainda fala que eu que eu sou da família e que tenho um quarto na casa dela.

tenho mais outra amiga que é a pessoa mais delicada e gentil que eu conheço na minha vida.

tenho outra amiga que é admirável! aquela amiga que por mais que o tempo passa a sintonia continua.

tenho outra amiga que tem caráter e opinião forte, não mede esforços pra ser amiga [só não entre no assunto dinheiro].

tenho uma outra amiga que era minha caloura, é uma perua linda e geniosa. é meu orgulhinho!

tenho uma amiga que já compartilhou comigo as mais diversas situações, muitas histórias, muitas viagens, muitas festas, muito trabalho, muita opinião, muita vida!

tenho uma amiga que é um lorão enorme [é gatíssima] e que me apresentou com muito prazer mais um monte amigas de gatas!

tenho uma amiga que nós nos odiávamos, mas hoje só temos carinho e muito amor. e lógico, somos só a parte de uma família linda de amigos.

tenho outra amiga que é completamente diferente de mim, mas é bem por isso que somos melhores juntas.

tenho uma amiga que topa qualquer parada e me diz que eu errei de federal.

tenho outra amiga que é a enfermeira mais doce que eu já conheci.

tenho uma amiga, que somos amigas desde o cursinho, e que felizmente a vida a trouxe de volta ao meu lado pra aprendermos muita coisa juntas.

tenho duas amigas que eram amigas da amiga, uma delas transborda juventude e inteligência.  e merece!

e a outra é uma das pessoas mais engraçadas que eu já conheci. é aquele tipo de amiga que faz bunda-lelê em plena paulista.

.

e é por todas elas que hoje eu sou o que sou, e sou sempre melhor hoje do que ontem.

 

a data mais importante do ano outubro 7, 2009

Filed under: arquitetando — a.cartolina @ 11:03 pm

mais que carnaval, que festa junina, que dia do terapeuta ocupacional, que páscoa, que natal, que reveillon, ou qualquer outra data que seja… sim sim, a data mais importante do ano pra mim é o MEU aniversário!

o mês mal começou e cá estou eu louca pra que chegue logo o meu aniversário!

claro que não é pelos anos que ganho, muito menos pelos primeiros cabelos brancos e primeiras marcas de expressão, mas é um dia que encaro completamente diferente de todos os outros, é o meu dia! não acontece nada em nenhum outro dia do ano que chegue perto do que esse dia proporciona pra mim.

pra ser mais honesta, é o mês todo que encaro com diferença! fico cheia de planos,  de esperanças, cheia de expectativas, e gosto tanto disso!

hoje conversando pelo telefone com um amigo, ele me perguntou se eu estou preparando alguma coisa para o meu aniversário, e eu respondi: ‘ah, aham! claaaaaro!’. e ele não perdeu a oportunidade de me lembrar que normalmente quando a gente pergunta pras pessoas se elas vão comemorar elas respondem meio cabisbaixas que não vão fazer nada não, ou então que ainda não sabem.

pois então, nesse aspecto sou bem diferente, a-do-ro comemorar meu aniversário e curto muito o prestígio de quem eu gosto nesse dia para comigo!

ouvindo: o fungado de um nariz

 

sobre o inconsciente

Filed under: sem filtro,Uncategorized — tijolooo @ 2:12 am

.

.

.

sonhei que me atrasava

chovia

e ficava chorando na chuva

sonhei