queijunto e preso

diálogo com uma pessoa que vai passar a vida inteira tentando passar na magistratura só para julgar, condenar, deteminar. – ou – fiz direito para tentar ser deus. maio 18, 2010

Filed under: mau humor,sem filtro — julianay @ 1:22 am

ao telefone.

eu: poderia falar com an?
x: hoje ela não vem trabalhar.
eu [ainda tentando educar as pessoas]: ah, vc quer dizer que ela está trabalhando na casa dela hoje. ok? vc teria o telefone da casa dela?
x: ela não me autorizou a passar.
eu: eu trabalho no gabinete em que ela trabalhava. preciso passar um recado.
x: ah, se vc trabalhou com ela, como vc não tem o telefone dela?
eu: entrei aqui depois dela.
x: tenho certeza que suas colegas tem o número dela.
eu: estou sozinha aqui. por isso perguntei.
x: eu não estou autorizado.
eu: ok. eu consigo. muito obrigada.

e consegui. mas fiquei triste.

Anúncios
 

o que eu quero maio 13, 2010

Filed under: desabafo,sem filtro,Uncategorized — tijolooo @ 9:16 pm

não sei.

só sei o que eu não quero.

vou lá repensar a minha vida e já volto.

 

quarenta e seis reais e sessenta e seis centavos. maio 12, 2010

Filed under: desabafo,sem filtro,toda a verdade sobre — julianay @ 12:11 am

e um bilhete de trem.
usado.
pra que tipo de pessoa ridicularizar o sonho de alguém é engraçado?

meu mau humor é efeito.
e eu quero que alguém pergunte pra causa quando ela vai acordar, aprender a ser gente e deixar de ser filha da puta. ou, pelo menos, parar de atrapalhar.
não atrapalhar esses dias tem se mostrado de grande ajuda.

 

quero [2] maio 2, 2010

Filed under: mau humor,sem filtro — tijolooo @ 11:09 pm

uma noite sozinha.

um cigarro na janela.

uma foto bem tirada.

um show particular.

uma comida quentinha.

um mês de economia.

uma vida sem passado.

um pensamento egoista.

3 doses de tequila.

uma noite animada.

uma tarde descansada.

uma manhã bem-humorada.

só hoje.

 

sobre o odio que eu tenho do twitter abril 30, 2010

Filed under: sem filtro,Uncategorized — tijolooo @ 11:58 pm

esconder é quase admitir a culpa.

fico puta.

e olha que canceriana emputecida sozinha numa sexta as 22h da noite é de dar medo.

P U T A!

 

grosseria! dezembro 2, 2009

Filed under: desabafo,sem filtro — tijolooo @ 11:52 pm

.

.

.

quando sou grossa, sou grossa.

quando reclamo, sou grossa.

quando fico chateada, sou grossa.

quando sou honesta, sou grossa.

quando falo, sou grossa.

e mesmo quando eu só tento ajudar e acho que estou conseguindo ser uma pessoa melhor, além de continuar sendo grossa, sou tratada com grosseria.

às vezes é melhor ficar quieta.

no meu caso, todas as vezes!

mas quando eu fico quieta, adivinha?

grosseira!

 

brainstorming outubro 20, 2009

Filed under: sem filtro — tijolooo @ 10:08 pm

.

.

.

nessa miscelânica estranheza

por um minuto eu me perdi

faltou-me coerência no pensamento

sobrou assombração na atitude

é como se uma ferida chata

perdesse a casquinha toda vez

e a lembrança ficasse ali exposta

confiança me sobra um pouco

mas o medo vem em maior abundância

de omissões mascaradas de verdade

da cegueira decorrente dessa confiança

daquele tempo do qual não fiz parte

não foi sempre assim

talvez seja essa a natureza

da perda do romantismo

já quis ser a primeira, última e única

daí chega esse novo fator

com o qual não sei lidar

às vezes, só as vezes

eu queria apagar o passado

sei, nada adianta

iria com ele todo aprendizado

mas às vezes, muitas vezes

eu me pergunto

o que realmente aprendi

se aprendi sobre mim mesma

sem muito entender sobre os outros

não sei distinguir certos limites

entre privacidade e compartilhamento

entre intimidade e individualidade

entre promessas e planos

entre o que existe e o que eu projeto

sei que quero ser acreditada

e isso me faz acreditar

assim eu vou levando

tropeçando em pedras falsas

que eu mesma distribuo pelo caminho

tentando não recuar mais os passos

ouvindo: lennon

when the night has come

and the land is dark

and the moon is the only light we see

no I won’t be afraid

no I won’t be afraid

just as long as you stand, stand by me