queijunto e preso

e algo de feio aparece fevereiro 25, 2010

tijolo: aquela sua ex amiga tá M-A-G-R-A, magérrima, com peitões. uau, nossa. vc precisa ver.
eu [inveja mode ON]: hum.
tijolo: quinze quilos mais M-A-G-R-A.
eu: [inveja mode ON turbo, com o M-A-G-R-A ecoando horrores]

ex-melhor amiga do renatinho passa e dá um tchauzinho no ar: oi rê!
eu [concentrada demais nos quilos a menos da minha ex amiga para me importar]: blasezona.
eu [voltando ao que interessa]: mas o que ela fez?
[…]

já no carro

eu: fiquei com inveja. e eu não sou dada a invejas. não gostei.
renatinho: te garanto que ela tem mais motivos para invejar vc.
eu: pode até ser. mas a inveja dela é problema dela.

e fico em silêncio. porque ela tá magra, eu gorda. e eu não queria que ela tivesse gorda, mas não gostei. porque na minha cabecinha egocentrica e maniqueista, ela pode ser qualquer coisa que ela quiser, desde que não seja algo que eu queira e não consiga ter. não ela, que não me quer bem. e se não me quer bem, ela é má, malvadona, inimiga, enviada [buuuu!].

sentimento feio, juliana. e eu nem me lembro da última vez que me senti assim.

enfim. vou ali googlear o vigilantes indie. eu provavelmente lembraria do nome se não tivesse me concentrado tanto imaginando a cabeça dela no corpo da angelina.
ai ai.

Anúncios
 

aprendendo a evoluir fevereiro 18, 2010

Filed under: amenidades,teorias de uma mesa de bar — a.cartolina @ 11:53 am

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Evolução no universo pokémon, é o termo usado para quando um pokémon evolui, ou seja, muda de forma, acompanhado de uma melhora em seus atributos. Deve-se frisar que não é uma evolução do ponto de vista biológico, mas sim como uma metamorfose do indivíduo. Evolução em pokémons pode ocorrer por diversas razões, sendo que a mais comum se dá por acúmulo de experência em batalhas. Existem outros fatores que podem tereminar se, quando e em que os diferentes pokémons irão evoluir. Por exemplo, algumas evoluções somente ocorrem com o uso de itens, em horários específicos, em um gênero em especial, ou por felicidade ou lealdade.

fonte: wikipédia

[meu senso de humor continua intacto!]

 

bom senso, consenso, sem senso?? fevereiro 3, 2010

Filed under: teorias de uma mesa de bar — a.cartolina @ 1:27 am

no bar com as amigas

xx: depois você entrega esse cartão pra sua amiga?

otilma: claro, pode deixar… mas pra qual delas? [tentando ajudar discretamente o desconhecido]

xx: usa o bom senso minha filha!

.

e eu aqui achando que já tinha visto de tudo nessa vida!

 

o passado que condena setembro 3, 2009

top 5 – cool aos 20´s
1. tatuados
2. figurinhas pop
3. conectados
4. freelancers
5. mtv
*
top 5 – turn offs aos 20´s
1. engenheiros
2. homens apegados à família [deles]
3. funcionários públicos
4. gírias demais
5. gente saudável
*** vs ***
top 5 – cool aos 30’s e resto da vida
1. funcionários públicos
2. engenheiros
3. previdência privada, convênio médico e afins
4. homens apegados à [sua] família.
5. gente saudável
*
top 5 – turn offs aos 30’s e resto da vida
1. tatuados
2. figurinhas pop
3. gírias demais
4. conectados
5. mtv

 

o corpo cobrando agosto 14, 2009

Filed under: para pensar no futuro,teorias de uma mesa de bar — a.cartolina @ 4:55 pm
kate moss

kate moss

“kate estava em um passeio de barco por um resort francês quando foi flagrada com a cara envelhecida. as marcas da pele podem estar relacionadas com o excesso de cigarro e bebidas alcoólicas consumidas pela modelo” (msn entretenimento)

 

como causar boa impressão julho 27, 2009

Filed under: teorias de uma mesa de bar,toda a verdade sobre — a.cartolina @ 11:25 pm

você pode falar sem parar, sem ao menos conseguir respirar [que dirá pensar!].

você também pode beber um pouco a mais e falar tudo que lhe vem a mente [deixando os reflexos beudos].

ou melhor, dê bebida para suas amigas que elas conseguem contar seus podres antes mesmo de você.

.

sou a rainha da boa impressão!

sorte de hoje: a base de cada estado é a educação da juventude. [hoho!]

 

tá fácil! julho 14, 2009

Filed under: amenidades,teorias de uma mesa de bar — a.cartolina @ 5:14 am

normalidade e sm